Amã

Amã (em árabe: عمان ʿAmmān) é a capital e a maior cidade do Reino Hachemita da Jordânia. A cidade tem quatro milhões de habitantes, sendo o centro de decisões políticas, culturais e comerciais do país. Amã é uma das mais antigas cidades continuamente habitadas do mundo.Amã também é a sede administrativa da governadoria homônima.

 

Amã foi nomeada uma das melhores cidades do Oriente Médio e Norte da África, para acordos de ordem econômica, trabalhista, ambiental e de valorização de fatores sócio-culturais.

Durante sua longa história, Amã foi habitada por diversas civilizações. A primeira civilização que se tem registro data do período neolítico, por volta de 8 500 a.C., quando as descobertas arqueológicas em Aim-Gazal, localizada no leste de Amã, mostraram evidências de não apenas uma vida resolvida, mas também o crescimento do trabalho artístico, o que sugere que uma civilização bem desenvolvida habitou a cidade naquela época. No século XIII a.C. era chamada Amã Rabate Amom (Amã Rabbath Amon) ou Amom-Rabate (Amon Rabat) pelos amonitas. Na Bíblia hebraica, é referido como Rabate Amom (Rabbat ʿAmon; hebraico tiberiano Rabbat Amon). Mais tarde foi conquistada pelos assírios, seguido pelos persas, e depois os gregos. Ptolomeu II Filadelfo, o governante do Reino Ptolemaico do Egito, rebatizou-a de Filadélfia. A cidade se tornou parte do Reino Nabateu até 106 d.C., quando passou ao controle romano e ingressou na Decápole.

Em 326, o cristianismo se tornou religião do império e Filadélfia tornou-se sede de um bispado, durante o início da era bizantina. As igrejas deste período podem ser vistas na região da Cidadela de Amã. Filadélfia foi rebatizada de Amã durante a era gassânida, e floresceu como capital do Califado sobre os Omíadas (de Damasco) e os Abássidas (em Bagdá). Foi então destruída por vários terremotos e desastres naturais, permanecendo uma somente pequena vila e uma pilha de ruínas até a liquidação pelos circassianos em 1887. Tudo mudou quando o sultão otomano, decidiu construir a estrada de ferro do Hejaz, que liga Damasco e Medina, facilitando tanto a peregrinação anual do haje e a expansão comercial permanente, colocando Amã, uma estação principal, de volta ao mapa comercial.

 

Em 1921, Abdalá I da Jordânia escolheu Amã, em vez de al-Salte, como sede do governo de seu estado recém-criado, o Emirado da Transjordânia, e mais tarde como a capital do Reino Haxemita da Jordânia. Como não havia um edifício palaciano, começou seu reinado a partir da estação, com seu escritório em um vagão de trem. Amã permaneceu como uma pequena cidade até 1948. Em 1967 a população aumentou consideravelmente devido a um afluxo de refugiados palestinos do que é agora Território Palestino Ocupado por Israel. Amã experimentou um desenvolvimento excepcionalmente rápido desde 1952 sob a liderança de dois Reis Haxemitas, Hussein da Jordânia, Abdalá II.

Fonte: Wikipédia

Quer mais informações? Solicite nosso contato!

Atenção! Iniciado o atendimento através de nosso canal direto ou através de uma agência de turismo, o atendimento deverá ser finalizado por este mesmo canal. Ou seja, se pretende ser atendido pela sua agência pedimos que já solicite inicialmente a eles a cotação.

Você quer viajar?

Ligue para: Telefone: 11 3422-2664 Whatsapp: 11 95328-9074

Você é uma agência de turismo?

Ligue para: (11) 3815-2121 

Você quer montar uma caravana?

Ligue para: (11) 3031-6374 

Ou Preecha o formulário abaixo:

Como conheceu a Terra Santa Viagens?Você é:
Você prefere contato por:Aceita receber nossas promoções?
Sim, por email
Sim, por whatsapp

Mais sobre a Terra Santa Viagens

Horário de Atendimento 

Atendimento individual
Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Sábados das 9hs às 13hs 

  • Telefone: 11 3422-2664
    Whatsapp: 11 95001-4629

Criação de Caravanas
Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Telefone 11 3031-6374

Atendimento Agencias
Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Telefone 11 3815-2121

Endereço

Rua Mário Gonçalves de Oliveira, 153

São Paulo - SP

ATENDIMENTOS APENAS COM HORA MARCADA
De segunda à sexta em horário comercial