Os Maiores Profetas da Bíblia (Parte II)

postado em: Artigos | 0

2

O conhecido período profético do Antigo Testamento foi instituído quando Israel foi dividido em dois impérios, Judá e Israel. Esse período durou cerca de quinhentos anos e muitos profetas foram levantados por Deus. Na Bíblia, o período profético vai de Isaías a Malaquias, somando 17 livros, nos quais se destacam os maiores, escritos pelos que são chamados de “Os Profetas Maiores”.

A série de artigos iniciada no mês passado trata justamente das obras e histórias de vida dos Profetas Maiores da Bíblia, ou seja, aqueles que têm mais conteúdo em seus livros, são eles: Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel.
O primeiro texto foi sobre os dois primeiros, Isaías e Jeremias. Se você não leu pode ler aqui. Este segundo texto vai contar um pouco da vida de Ezequiel e Daniel.

Ezequiel – o Profeta do Exílio

EzequielEste foi levantado por Deus durante o período do exílio judeu na Babilônia, quando Jerusalém foi destruído pelo Imperador Babilônico. Ezequiel também foi um judeu exilado aos 25 anos.

O profeta viveu em Jerusalém e era de família sacerdotal. Preparava-se em para ser um sacerdote e, por isso, vivia no templo e conhecia a Lei, sendo muito fiel aos mandamentos, oposto do que estavam fazendo os judeus daquele período em que Deus estava descontente com Seu Povo. Cinco anos depois, ainda no exílio, teria recebido seu chamado.

Então entrou em mim o Espírito, quando ele falava comigo, e me pôs em pé, e ouvi o que me falava.
E disse-me: Filho do homem, eu te envio aos filhos de Israel, às nações rebeldes que se rebelaram contra mim; eles e seus pais transgrediram contra mim até este mesmo dia.

E os filhos são de semblante duro, e obstinados de coração; eu te envio a eles, e lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS.

Ezequiel 2:2-4

A missão de Ezequiel era de mostrar aos judeus o porquê de estarem ali, que Deus não estava contente com tudo que Seu Povo estava fazendo e por isso estavam sendo castigados.

Filho do homem, faze conhecer a Jerusalém as suas abominações.

Ezequiel 16:2

Após mostrar ao povo de Israel seu erro, a revelação de Ezequiel passa a ser de consolo aos exilados.

O profeta fala da restauração da nação e da punição de todas as outras que se levantaram contra Seu Povo.
A mensagem do capitulo 34 do livro de Ezequiel adverte os pastores, que deixaram as ovelhas de Israel se desgarrarem.

As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo o alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem perguntasse por elas, nem quem as buscasse.

Ezequiel 34:6

Neste mesmo capítulo Deus fala a Ezequiel sobre um pastor que virá e recolherá todas as Suas ovelhas e que estas serão julgadas.

A perdida buscarei, e a desgarrada tornarei a trazer, e a quebrada ligarei, e a enferma fortalecerei; mas a gorda e a forte destruirei; apascentá-las-ei com juízo.

Ezequiel 34:16

Já no capítulo 35 Ezequiel fala sobre a destruição de Edom, simbolizando a derrotas de todas as nações que se levantaram contra Jerusalém.

As tuas cidades farei desertas, e tu serás desolado; e saberás que eu sou o SENHOR.

Ezequiel 35:4

Ezequiel termina suas profecias falando da nova entrega de Israel para Seu povo.

Esta é a terra que sorteareis em herança às tribos de Israel; e estas são as suas porções, diz o Senhor DEUS.

Ezequiel 48:29

O Profeta Daniel

Acredita-se que Daniel era de família real em Judá, nascido em Jerusalém, o profeta foi levado para o exílio ainda adolescente e selecionado entre os judeus por sua inteligência para servir ao reino de Nabucodonosor na Babilônia. Daniel era um homem de muita fé e suas profecias se davam a través de sonhos.

E disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, e da linhagem real e dos príncipes, Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus.

Daniel 1:3-4

DanielPor ser de família nobre, Daniel estudou nas escolas dos sábios na Babilônia, com o intuito de servir ao rei. O profeta ganhou a confiança do rei ao interpretar um sonho de Nabucodonosor que nenhum falso profeta teria conseguido decifrar. O sonho previa a destruição da Babilônia, que viria a acontecer anos mais tarde.

Daniel profetizava a queda de todos os reinos e a permanência de um único, o Reino de Deus, que viria a se cumprir no novo testamento com o nascimento de Jesus.

Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.

E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.

Daniel 7:13-14

Daniel previu e participou diretamente das quedas dos reis babilônicos até a invasão Persa, quando o rei Ciro da Pérsia dominou de vez a Babilônia. O profeta continuava a interpretar sonhos e fazer profecias para os reis, a fim de fazê-los enxergar a existência de um único Deus.

O profeta se via no meio de idolatras e pecadores no exílio, mas nunca perdeu sua fé. Deus continuava a falar com ele através dos sonhos e visões.

Durante o reinado de Dário, os administradores do reino ficaram furiosos e invejosos pela posição de Daniel e armaram para que o rei desse ordem de morte ao profeta. Assim começa uma das histórias mais conhecidas na Bíblia. Daniel foi colocado em uma cova com leões famintos para que fosse devorado. Mas Deus fechou a boca dos leões e o profeta permaneceu muito tempo na cova sem que um leão atacasse.

E, chegando-se à cova, chamou por Daniel com voz triste; e disse o rei a Daniel: Daniel, servo do Deus vivo, dar-se-ia o caso que o teu Deus, a quem tu continuamente serves, tenha podido livrar-te dos leões?

Então Daniel falou ao rei: O rei, vive para sempre!

O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano, porque foi achada em mim inocência diante dele; e também contra ti, ó rei, não tenho cometido delito algum.

Então o rei muito se alegrou em si mesmo, e mandou tirar a Daniel da cova. Assim foi tirado Daniel da cova, e nenhum dano se achou nele, porque crera no seu Deus.

Daniel 6:20-23

Com sua fé inabalável e suas profecias, Daniel conseguiu fazer os reis verem a existência do Senhor.

Para conhecer os locais onde pregaram os profetas, além de caminhar pelos mesmos passos de Jesus ou dos apóstolos, a Terra Santa Viagens conta com roteiros especiais para você. No roteiro Israel 9 dias você poderá apreciar todos esses locais e reviver as profecias e anda conhecer os lugares onde Jesus nasceu, viveu, morreu e ressuscitou!