Cinco aplicativos israelenses para uma alimentação saudável

postado em: Notícias | 0

Manter uma alimentação saudável talvez seja uma das mais populares promessas para o verão. Ainda assim, nós sabemos por experiência própria que isso é mais fácil falar do que fazer. Bom, nunca é tarde demais para se comprometer novamente a um regime de alimentação saudável (especialmente no verão!), seja para finalmente alcançar o peso ideal, melhorar o condicionamento, aderir a um estilo de vida nutricional mais restritivo como o veganismo, ou simplesmente consumir refeições mais balanceadas e nutritivas.

A NoCamels avaliou cinco novos aplicativos israelenses que facilitam a alimentação saudável.

Fooducate: Saiba o que você está comendo

Comer melhor começa com saber mais. Fooducate, um aplicativo grátis criado pelo empreendedor israelense Hemi Weingarten, está informando os consumidores sobre o conteúdo do alimento que eles estão comprando, para que eles possam fazer escolhas mais saudáveis. A principal função do aplicativo é o “descobridor de alimentos”, o qual permite às pessoas escanear o código de barras de um item alimentício de qualquer grande supermercado americano para ter acesso à sua avaliação nutricional, uma breve explicação sobre sua pontuação e alternativas mais saudáveis.

Utilizando o aplicativo, você pode instantaneamente escanear e ver que uma certa marca de cereal matutino possui uma avaliação nutricional de A menos, por exemplo, pois é feita de cereal cem por cento integral e possui mais de doze por cento da dosagem diária recomendada de fibras. O aplicativo também possui informações sobre produtos alimentares de redes de fast food como McDonald’s, Taco Bell, entre outras. E por um custo adicional (a partir de $2,99 por mês), você pode ter acesso a funções premium, como o escâner para glúten e alergias e até mesmo um escâner de comidas para animais de estimação. O banco de dados impressionante do Fooducate possui informações sobre mais de 200.000 produtos e continua aumentando. Com milhões de downloads até hoje, o Fooducate planeja entrar no mercado do Oeste Europeu no futuro.

Nutrino: O nutricionista que cabe no seu bolso

Com que frequência você pensa, “O que eu deveria comer hoje?” O Nutrino, um aplicativo de recomendação alimentar personalizada, grátis e baseado em dados, pode responder essa pergunta para você. Fundado por Jonathan Lipnik e Yaron Hadad em Israel, o aplicativo primeiro coleta informações sobre seu estado e de saúde, objetivos e preferências alimentares, e então sugere pratos customizados para todas as suas refeições e lanches. As sugestões vem acompanhadas de receitas e informações nutricionais e os ingredientes podem ser adicionados instantaneamente à sua lista de compras Nutrino. Você registra o que você come durante o dia e o aplicativo ajuda a monitorar o seu progresso e dá dicas sobre como se manter no caminho.

Uma novidade do Nutrino é que ele pode se conectar a aplicativos de atividades físicas e dispositivos vestíveis como o Fitbit e o Runkeeper para levar em conta atividade física, sono e biomarcadores, todos os quais contribuem para criar um plano de alimentação otimizado para cada usuário. Qualquer que seja seu objetivo de saúde – seja perder peso, ganhar músculos ou simplesmente se alimentar melhor – o Nutrino pode ajudar.

MakeMyPlate: O ingrediente nem tão secreto para uma dieta bem sucedida

Você não deveria ter que pular refeições ou seguir programas de dieta caros para perder peso. Com o aplicativo MakeMyPlate você pode entrar em um regime alimentar saudável e balanceado de graça. Fundado pelo psicólogo israelense Alin Cooperman, o aplicativo apresenta uma lista visual de pratos sugeridos para você a cada dia. As refeições são balanceadas, baseadas em orientações nutricionais de especialistas, chegando a 1.200 calorias no total. A interface visual dá a você uma ideia do tamanho ideal das porções. Porém, se você não está com vontade de comer o sanduíche de ovo ou salada de atum que o aplicativo sugeriu para o almoço, você pode facilmente selecionar outro prato com uma contagem de calorias e conteúdo nutricional similar – por exemplo, pão sírio integral recheado com homus e vegetais.

Enquanto o plano principal de perda de peso é gratuito, existem planos premium como o Ultimate New York Diet e o Plano Paleo, entre outros, os quais foram concebidos por nutricionistas de celebridades e custam $4,99. Para uma experiência mais interativa, verifique o website do MakeMyPlate, onde você pode manter um diário alimentar online simplesmente arrastando fotos de comidas para criar pratos virtuais que representam o que você come.

My Diet Coach: Acompanhamento de dietas facilitado

Chegou o momento de acompanhar a sua dieta de forma mais rápida e eficiente com o aplicativo My Diet Coach para o Apple Watch. Com um simples toque na tela do Apple Watch, ou por comando de voz, os usuários podem registrar a sua ingestão de alimentos e água em segundos, ao contrário de aplicativos para smartphones que exigem mais tempo para inserir informações. Anat Levy, o CEO e fundador do My Diet Coach, argumenta que essa pequena economia de tempo faz uma grande diferença.

Por sorte, para quem ainda não está pronto para investir em um Apple Watch, o aplicativo está disponível para smartphones, e vem com funções adicionais. A versão para smartphone, a qual já foi instalada por oito milhões de usuários, oferece motivação personalizada – exibindo lembretes animados de seus objetivos de saúde, fornecendo dicas específicas para manter a sua dieta em situações como “jantar fora” e “alimentação emocional”, e até ajudando você a resistir a desejos com o “botão do pânico”, que faz uma contagem regressiva dos vinte minutos necessários para resistir ao desejo até que ele passe.

Go Vegan: Descobrindo alimentos veganos perto de você

Comer fora não precisa mais ser um incômodo para quem segue um estilo de vida vegano com o aplicativo baseado em localização Go Vegan. Lançado em janeiro de 2013 pelo desenvolvedor de tecnologia israelense Yehuda Goldner, o aplicativo apresenta uma ampla seleção de pratos veganos e dos respectivos restaurantes que os servem – incluindo restaurantes que não são somente e veganos, os quais às vezes passam despercebidos. Utilizar o aplicativo é simples: Digite seu endereço, escolha o que você quer comer em uma lista visual de pratos, e o aplicativo te indica o caminho até o restaurante que serve esse prato (e o preço!). O usuários podem ajudar a melhorar o aplicativo deixando recomendações, compartilhando novos pratos e restaurantes e relatando erros.

Atualmente, o aplicativo apenas está disponível para uso em Israel e São Francisco, mas já existem planos para expandir para Las Vegas e Los Angeles. Goldner contou para a NoCamels que ele se tornou totalmente vegano há quatro anos por motivos pessoais, de saúde e éticos. “Eu queria aproveitar a minha experiência passada como um desenvolvedor de tecnologia para tornar o estilo de vida vegano mais acessível.”

Fonte: Ministério da Economia de Israel