Israel procura aumentar as chegadas de turistas estrangeiros

postado em: Notícias | 0

O diretor-geral do Ministério do Turismo de Israel, Amir Halevy, argumentou que todos os visitantes do país do Oriente Médio podem se sentir seguros em viagens de família, porque, ao contrário de outros lugares, aqui você pode visitar locais turísticos e de diversão noturna sem qualquer problema.

“Não há nenhum lugar inseguro para o turismo em Israel”. Insistiu que, neste país, as crianças podem sair sozinhas de casa e as pessoas fazem o seu trabalho sem medo de crime.

Ele esperava que este ano Israel chegasse a um número recorde de visitantes, com cerca de quatro milhões de turistas de todo o mundo, e disse que há dois anos o maior número de viajantes estrangeiros foi 3,5 milhões de pessoas .

Ele disse que o governo israelense está trabalhando em ações para aumentar as chegadas de turistas ao país e parte dele vai procurar melhorar as relações nesta área com o México, como parte da visita histórica que terá o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu ao território mexicano em 2016.

O diretor do Departamento para as Américas do Ministério do Turismo, Tzvi Lotan, disse que de todos os visitantes de Israel, 60% são da Europa, 30% nas Américas e 10% do resto do mundo.

Dos turistas da América, que são cerca de um milhão, cerca de 350 mil pessoas estão na América Latina. Ele observou que uma característica de todas as pessoas que visitam Israel é a mudança na sua percepção do país durante a sua estada, porque há segurança, apesar do conflito com os palestinos desde 1948 (quando o estado foi fundada).

Ele disse que Israel é um país pequeno que tem muito a oferecer em muitos aspectos, mas sobretudo tem atrações como Jerusalém, na Terra Santa, com uma alta atraente para o turismo religioso.

Fonte: Unidos Por Israel