Universidade Hebraica de Jerusalém é tema do Jornal Nacional

postado em: Notícias | 0

O Jornal da Globo visitou uma das mais importantes universidades de Israel, líder mundial de apoio à ciência, para mostrar como o investimento em pesquisas é fundamental para o crescimento de um país.

Uma universidade onde tudo é feito para dar certo. Um campus com as portas sempre abertas para os alunos e ambientes apropriados para que eles estudem e, mais do que tudo, pensem e inventem.

A Universidade Hebraica é mais antiga que o Estado de Israel. Está perto de completar 100 anos, teve Albert Einstein entre seus fundadores e mantém até hoje o vigor de um jovem cheio de sonhos, como todos os que lotam o laboratório de computação mesmo quando não têm aulas, tentando criar tecnologias para, quem sabe, revolucionar alguma coisa no mundo.

Israel investe m ais de US$ 10 bilhões por ano em pesquisa científica, e a Universidade Hebraica, com seus 23 mil alunos, concentra 30% dessa pesquisa. Já saíram de lá quase 9 mil patentes com uma média de 170 invenções de interesse mundial a cada ano. É claro que números precisam ser colocados em perspectiva, tem que se levar em conta, por exemplo, o tamanho do país e o tamanho da economia, mas existe um número que ninguém discute, a Universidade Hebraica de Israel já recebeu oito prêmios Nobel. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

 

Fonte: B’nai B’rith