Jerusalém

Localizada em um planalto nas montanhas da Judeia entre o Mediterrâneo e o mar Morto, é uma das cidades mais antigas do mundo. É considerada sagrada pelas três principais religiões abraâmicas — judaísmo, cristianismo e islamismo. Israelenses e palestinos reivindicam a cidade como sua capital, mas Israel mantém suas principais instituições governamentais em Jerusalém.

Durante a sua longa história, Jerusalém foi destruída pelo menos duas vezes, sitiada 23 vezes, atacada 52 vezes e capturada e recapturada outras 44 vezes. A parte mais antiga da cidade foi estabelecida no IV milénio a.C.. Em 1538, muralhas foram construídas em torno da cidade sob o regime de Solimão, o Magnífico. Atualmente aqueles muros definem a Cidade Antiga, que é dividida em quatro bairros — armênio, cristão, judeu e muçulmano — desde o início do século XIX. A Cidade Antiga se tornou um Patrimônio da Humanidade em 1981. A Jerusalém moderna cresceu para muito além dos limites da Cidade Antiga.

De acordo com a tradição bíblica, o rei Davi conquistou a cidade dos jebuseus e estabeleceu-a como a capital do Reino Unido de Israel, enquanto seu filho, o rei Salomão, encomendou a construção do Primeiro Templo. Estes eventos fundamentais, abrangendo o fim do I milênio a.C., assumiram uma importância simbólica central para o povo judeu. O apelido de “cidade santa” foi provavelmente associado a Jerusalém no período pós-exílio. A santidade de Jerusalém no cristianismo, conservada na Septuaginta, que os cristãos adotaram como sua própria autoridade, foi reforçada pelo relato do Novo Testamento da crucificação de Jesus. Para o islã sunita, a cidade é o terceiro lugar mais sagrado do mundo, depois de Meca e Medina, na Arábia Saudita. Na tradição islâmica em 610 dC, a cidade é a primeira Qibla — o ponto focal para a oração muçulmana (salat) — e é onde Maomé fez sua viagem noturna, quando teria ascendido aos céus e falado com Deus, de acordo com o Alcorão. Como resultado, apesar de ter uma área de apenas 0,9 quilômetros quadrados, a Cidade Antiga é o lar de muitos locais de importância religiosa seminal, entre eles o Monte do Templo e sua parede ocidental, a Igreja do Santo Sepulcro, a Cúpula da Rocha, a Tumba do Jardim e Mesquita de al-Aqsa.

A Lei de Jerusalém, uma das Leis Básicas de Israel, define Jerusalém como a capital indivisível do país e todos os ramos do governo israelense estão sediados na cidade, incluindo a residência do presidente da nação, repartições governamentais, suprema corte e o Knesset (parlamento).

Fonte: Wikipédia

Quer mais informações? Solicite nosso contato!

Atenção! Iniciado o atendimento através de nosso canal direto ou através de uma agência de turismo, o atendimento deverá ser finalizado por este mesmo canal. Ou seja, se pretende ser atendido pela sua agência pedimos que já solicite inicialmente a eles a cotação.

Você quer viajar?

Ligue para: Telefone: 11 3422-2664 Whatsapp: 11 95328-9074

Você é uma agência de turismo?

Ligue para: (11) 3815-2121 

Você quer montar uma caravana?

Ligue para: (11) 3031-6374 

Ou Preecha o formulário abaixo:

Como conheceu a Terra Santa Viagens?Você é:
Você prefere contato por:Aceita receber nossas promoções?
Sim, por email
Sim, por whatsapp

Mais sobre a Terra Santa Viagens

Horário de Atendimento 

Atendimento individual
Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Sábados das 9hs às 13hs 

  • Telefone: 11 3422-2664
    Whatsapp: 11 95328-9074

Criação de Caravanas
Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Telefone 11 3031-6374

Atendimento Agencias
Segunda à sexta das 9hs às 18hs
Telefone 11 3815-2121

Endereço

Rua Mário Gonçalves de Oliveira, 153

São Paulo - SP

ATENDIMENTOS APENAS COM HORA MARCADA
De segunda à sexta em horário comercial